... foi a "estória" que a BE-A levou ao Jardim de Infância do Camarção. As bonitas personagens "esculpidas" pelos alunos do Cef3 de Hotelaria, orientados pela prof. Margarida Amaral, marcaram presença...





...para todos...




Obrigaaaaaaaadaaaa ... sem palavras....


...um miminho da Direcção do agrupamento de escolas de Alhadas...



Espero ter mais sorte com estas...



O Jardim de Infância das Ribas, no 1º período, tinha lançado um convite aos Pais/Família dos alunos para participarem na construção de um presépio. Cada figura seria feita com material reciclado.
A Participação dos pais foi enorme e o resultado é o que apresento a seguir.
As figuras estiveram em exposição, na nossa escola, durante a semana da leitura.



No dia 18 de Março o CEF de Jardinagem organizou uma "Feira das Plantas" integrada na comemoração do dia da Primavera e da Poesia.
A venda de plantas superou todas as expectativas!




O Dia Mundial da água, celebrado anualmente a 22 de Março, foi instituído pela Assembleia Geral das Nações Unidas no seguimento da Conferência sobre Ambiente e Desenvolvimento, que teve lugar no Rio de Janeiro em 1992.

Na Cimeira do Rio 178 países comprometeram-se a seguir um plano de acção para promover o desenvolvimento Sustentável, conhecido como Agenda 21, em cujo capítulo 18, dedicado aos Recursos de Água Doce, está prevista a celebração do Dia Mundial da água.

A data tem como objectivo sensibilizar o público para a importância da conservação dos recursos hídricos em particular através da implementação das medidas propostas na Agenda 21.

Para 2010 o tema escolhido foi a qualidade da água e o mote é “Água Limpa para um Mundo Saudável” Numa altura em que a falta de acesso à água potável e a fraca qualidade da água de muitos rios põem em causa a saúde humana e dos ecossistemas, o Dia Mundial da água alerta para a necessidade da adopção de estratégias de prevenção da poluição, controlo e recuperação dos recursos hídricos subterrâneos e superficiais.

O investimento na conservação da água, recurso essencial à vida, deve concretizar-se apesar da conjuntura actual de crise porque se trata de um investimento que se pagará a si mesmo, defende Irina Bokova, directora-geral da UNESCO “Foi estimado que o cumprimento dos objectivos de Desenvolvimento do Milénio relativos ao acesso à água potável e ao saneamento, produziria uma poupança global de mais de 84 milhões de dólares”.
Deixo aqui um pequeno vídeo, retirado do youtube, em banda desenhada, que explica, de uma forma divertida, todo o ciclo da água.



Na semana da leitura, que decorreu entre 1 e 5 de Março, a equipa da BE-A organizou uma exposição sobre a "Vida mágica da sementinha" de Alves Redol.
O livro fala-nos de uma Sementinha que foi levada por um pássaro e fez uma viagem para encontrar o campo e os seus amigos. Mostra o desenrolar da sua vida até ser trigo.
Bonita história para as crianças e não só!




Os registos fotográficos ilustram, apenas, alguns dos trabalhos que o CEF2J foi realizando ao longo destas últimas aulas.



No dia 11 de Março, 0s alunos do CEf de Jardinagem e Espaços Verdes, conjuntamente com o 6º A e os alunos com Necessidades Educativas Especiais Permanentes, deslocaram-se à Batalha para visitar a Expojardim e o Mosteiro da Batalha.


video


Gifs e Imagens Para seu Orkut


Foi em 1910 que teve lugar a 1ª Conferência Internacional de Mulheres, em Copenhaga, onde foi aprovada uma proposta da socialista alemã Clara Zetkin de instituição de um Dia Internacional O dia não foi estabelecido, mas com o passar dos anos acabou por ser celebrado a 8 de Março. O dia em que se recordava uma marcha organizada em 1857 pelas operárias da indústria têxtil, em Nova Iorque, reivindicando melhores condições de trabalho e melhores salários. Há quem diga que as mulheres acabaram por ser trancadas pelos patrões dentro da fábrica, que depois atearam fogo local, matando cerca de 130 mulheres.

Em 1910, também chegavam a Portugal os ecos das lutas femininistas que tinham lugar nos Estados Unidos e Europa, sobretudo, Inglaterra, França e Dinamarca.

Enquanto lá por fora a maior parte das lutas eram protagonizadas pelas operárias, por cá, as feministas eram oriundas, sobretudo da burguesia.

O feminismo foi monárquico e republicano, uniu e afastou as mulheres portuguesas.











Foto AP Photo/Luis Hidalgo


Terramoto do Chile fez a Terra mover-se no seu eixo (ver notícia completa aqui).
(Foto: Nasa)


Realizou-se na semana de 18 a 22 de Janeiro, na BE-A, uma exposição de rosas-dos-ventos elaboradas pelos alunos do 7º ano de escolaridade.
Dos trabalhos seleccionados para o efeito, foram apurados três vencedores:
1º lugar - Rute Lourenço, nº18 – 7ºD
2ºlugar - Sofia Costa, nº 19 – 7º D
3ºlugar - Carolina Fajardo, nº3 – 7ºD.


Os prémios serão entregues no decurso do 3º período.
Parabéns a todos pelo empenho!


Aqui fica uma curiosidade:
Sabiam que as cidades romanas estavam construídas a partir dos pontos cardeais. Duas grandes ruas cruzadas eram o eixo de toda a cidade: o cardo (direcção norte-sul) e o decumanus (direcção este-oeste). Os seus habitantes tinham, assim, uma percepção clara da orientação.